domingo, 9 de dezembro de 2012

Planejando o Look - Parte I - Verão

Vou aproveitar essa época de fim de ano - e umas micro férias que terei - para dar uma ajeitada no meu guarda-roupa. Ando super, super, super enjoada de ir com as mesmas produções para todo canto. Geralmente é o figurino de trabalho que vai comigo passear no sábado de manhã e sair com os amigos à noite. É que, na falta de grana, dei prioridade às roupas de trabalho, porque sou advogada e preciso andar bem vestida.


 Mas agora isso acabou! Iupiiii!!!! Comecei a montar os looks e estou comprando roupas específicas para o dia, a noite, o trabalho. Meu corpo é o seguinte: eu estou muuuuuito acima do peso (vide régua acima), mas meu formato é relativamente proporcional de cima abaixo. Não tenho quadris gigantes nem pequenos. Também não tenho peitão. O que tenho muito são braços grossos (então, nada de colocá-los de fora) e, ultimamente, uma barriguinha que antes não existia.  Outro problema é que eu tenho umas gordurinhas localizadas nas costas que detesto. Eu sempre uso um tailleurzinho, uma jaqueta ou uma blusinha fina por cima de tudo.
 
Para janeiro estou planejando umas roupinhas bem frescas, arejadas, com cores que lembrem sol. Serão umas bermudinhas confortáveis, sandálias rasteirinhas e toques de cor. Eu adoro azul turqueza, coral, verde clarinho, laranja. Sempre coisas simples, não tenho a necessidade de ser inovadora, apenas de me sentir bem. Pensei, por exemplo, em algo assim:
 
 
No shopping aqui do meu bairro tem duas lojas de roupas de tamanhos grandes. Uma delas não é muito legal, mas a outra tem muitas opções. Esta semana comprei duas calças jeans e uma camisetinha de malha. Tinha umas blusas de noite lindíssimas, algumas com paetês foscos, que eu gosto. Estou tentada a voltar lá.

Um recurso que costumo utilizar, mas muita gente tem preconceito, é roupa de costureira. Como nem sempre eu consigo encontrar tudo o que quero do meu tamanho, mando fazer. Encontrei uma costureira ótima, que faz roupas com acabamento igual às roupas de loja. Fica ótimo, com qualidade excelente e caimento perfeitinho pra mim. O que dá pra comprar em loja, compro. O que não dá, vai pra costureira. Fica barato e ando sempre nos trinques. Sou bastante elogiada por ser elegante. Arrasei! kkkkk

Beijokas!

2 comentários:

Chris Zaneli disse...

Oi Amanda,
Acho que vc está certíssima. Nada melhor do que roupas que caiam bem na gente, e se não encontramos em lojas.. Porquê não mandar fazê-las ?
O importante é se sentir bem.
Beijos

António Jesus Batalha disse...

Estou alegre por encontrar blogs como o seu, ao ler algumas coisas,
reparei que tem aqui um bom blog, feito com carinho,
Posso dizer que gostei do que li e desde já quero dar-lhe os parabéns,
decerto que virei aqui mais vezes.
Sou António Batalha.
Que lhe deseja muitas felicidade e saúde em toda a sua casa.
PS.Se desejar visite O Peregrino E Servo, e se o desejar
siga, mas só se gostar, eu vou retribuir seguindo também o seu.
http://peregrinoeservoantoniobatalha.blogspot.pt/